Cordisburgo

Cordisburgo é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, cidade natal do escrito João Guimarães Rosa e berço da paleontologia brasileira, com vários pontos turísticos naturais e culturais.

LAGOA DO JAIME
Situada a 15 km de Cordisburgo, seu acesso se dá pela Rodovia dos Cristais, LMG 754, a lagoa está situada na propriedade denominada FAZENDA BOA ESPERANÇA, possui uma ótima estrutura para receber o Turista, com área de churrasco, fogão a lenha, banheiros masculino e feminino contendo chuveiro com água quente, área coberta com mesas e bancos, espaço para crianças com gangorra e slackline. O atrativo principal é a lagoa que está na propriedade, oferece área de camping, espaço delimitado para banhar-se, área de pesca com a possibilidade de aluguel de barcos (a remo). Na propriedade há produção de hortaliças que seguem o padrão Agroecológico onde pode-se realizar dia de campo pedagógico para conhecimento da prática, atendendo alunos e demais interessados.
MUSEU CASA GUIMARÃES ROSA
Foi inaugurado em 30 de março de 1974, a casa onde nasceu o escritor e passou sua infância em Cordisburgo, cenário de experiências que irão servir da matéria-prima para a sua obra. Concebido como centro de referência da vida e obra do escritor, o Museu preserva um acervo de vários objetos, composto de registros de sua vida profissional como médico e diplomata, objetos de uso pessoal, vestuário, utensílios domésticos, mobiliário e fragmentos do universo rural descrito por Rosa, a exemplo de objetos de montaria e relacionados à atividade pecuária. Também está sob a guarda do Museu uma coleção de cerca de 700 documentos textuais entre os quais merecem referência os registros de caráter pessoal (certidões, correspondência recebida e emitida, documentos escolares), discursos, artigos em periódicos e originais manuscritos ou datilografados, a exemplo de “Tutaméia”, sua última obra publicada.
GRUTA DO MAQUINÉ
Conhecida Mundialmente, a Gruta do Maquiné é um dos principais atrativos turísticos que Cordisburgo possui, passou a receber investimentos no ano de 1967 para que pudesse ter uma infraestrutura adequada para receber turistas. Explorada por Peter Lund, onde encontrou vários fósseis, tornando Cordisburgo conhecido como o Berço da Paleontologia Brasileira. Maquiné possui sete salões visitáveis, amplos e com uma beleza única e incomparável a outras cavernas, já foi palco de gravações de filmes e novelas. As visitas a gruta do Maquiné são guiadas, e a caverna possui iluminação e passarelas que facilitam o acesso do turista, a visita dura aproximadamente 1 hora onde se pode apreciar formações de estalactites e estalagmites de diferentes cores e tamanhos. O destaque se dá para o salão das fadas, que no processo de descoberta e exploração da Caverna por Peter Lund foi o que lhe causou maior fascínio por suas formações e intenso brilho.
CAPELA SÃO JOSÉ
A construção da capela é tida como marco inicial do povoamento da cidade, suas características arquitetônicas e o material construtivo a situam entre as edificações religiosas de pequeno porte do período colonial de Minas Gerais. As edificações vizinhas são de pequeno porte, o que permite que a capela se destaque com sua beleza singela. Construída em estrutura autônoma de madeira, possui partido simplificado, apresentando o corpo da Nave conjugado com a Capela-Mor que se soma aos dois volumes menores das laterais que forma a sacristia e uma capela lateral. No ano de 1999, a capela sofreu uma reforma devido ao precário estado em que se encontrava. Toda primeira quinta-feira do mês às 19 horas há missa e para visitá-la é necessário entrar em contato com a Sra. Maria da Luz através da Casa Paroquial. O altar-mor possui retábulo esculpido em madeira, com imagem do santo padroeiro da igreja, Santo Antônio. No piso do altar-mor, existe uma sepultura com tampo de mármore do Padre Tertuliano José da Siqueira, primeiro vigário, datada de 23 de março de 1900.
CASA ELEFANTE
A Casa Elefante começou a ser construída em 2009 pelo escultor Stamar, popularmente conhecido como “Tazico”. Depois da construção do “Zoológico de Pedra Peter Lund”, o artista percebeu que com sua técnica, era capaz de produzir estatuárias maiores e daí, utilizando de muita criatividade, decidiu esculpir uma casa em forma de elefante, animalejo este escolhido por ser o maior mamífero da terra. Buscando tornar sua obra mais atrativa, houve a caracterização do elefante seguindo a temática indiana, cujos artefatos ganham muitas cores e brilho. A escultura se tornou a 7ª casa mais inusitada do mundo, um levantamento feito pela Rede Record de televisão. Localiza-se na entrada da cidade, e não há quem chegue pela primeira vez e não pare para tirar pelo menos uma foto.
ESTAÇÃO FERROVIÁRIA
Inaugurado em 1904, o prédio da antiga Estrada de Ferro Central do Brasil, atualmente patrimônio da Rede Ferroviária Federal, ainda mantém suas características: telhado colonial, grandes portas e janelas em azul, contrastando com o branco das paredes ladeadas pelas linhas do trem de ferro. Trouxe o progresso para Cordisburgo ao receber em suas plataformas viajantes e cargas com variada gama de produtos. Fica nas proximidades do Museu Casa Guimarães Rosa e corta o município, ligando-o a Belo Horizonte e a Curvelo, de onde se pode atingir o sul do estado da Bahia. Hoje o transporte de passageiros foi suspenso, restando apenas o transporte de cargas. O prédio possui partido retangular e foi construído em alvenaria de tijolos por volta da virada do século. Suas características arquitetônicas são semelhantes às Estações da Estrada de Ferro Federal do final do século XIX e início do século XX. A construção é simples destacando-se, principalmente, o telhado em duas águas que se alongam nas laterais para abrigar os transeuntes. Nas paredes destacam-se o nome do município, além de quadros indicativos da distância e da altitude locais.
IGREJA MATRIZ DO SAGRADO CORAÇÃO E JESUS
A Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus foi construída entre 19/05/1884 e 20/05/1894 pelo Padre João de Santo Antônio, quando da criação do povoado, porém da construção original, não restou muita coisa. A nova construção em estilo eclético, realizada em meados do século XX, guarda da formação inicial as torres frontais e há pouco tempo também fazia parte da Matriz, o altar original e a pia em que foi batizado o escritor João Guimarães Rosa. Como em todas as Igrejas construídas no período citado, situa-se em local elevado no centro de Cordisburgo dando uma visão ampla do município.
PORTAL GRANDE SERTÃO
Inaugurado no dia 27 de junho de 2010, o Portal Grande Sertão é fruto da parceria do Governo de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Estado de Cultura/Superintendência de Museus, e a Associação dos Amigos do Museu Casa Guimarães Rosa (AAMCGR), com a participação da Prefeitura de Cordisburgo. Está localizado na Praça Miguilim e é composto por representações de figuras humanas esculpidas em bronze. São seis vaqueiros, trajados à moda sertaneja e montados a cavalo. Há também o próprio Guimarães Rosa saudando os sertanejos e a figura de um cachorro, personagem sempre presente nas obras do autor. Esta cena é emoldurada por um pórtico de chapa de aço e as estátuas que inicialmente foram esculpidas em barro, receberam uma fundição que utilizou 3.500 quilos de bronze. Criação e execução do artista Leo Santana, também escultor da estátua de Carlos Drummond de Andrade em Copacabana no Rio de Janeiro. Idealizado para ser extensão do Museu Casa Guimarães Rosa e marco de entrada para o sertão mineiro, o Portal Grande Sertão representa, para os habitantes e visitantes de Cordisburgo, o cenário e a alma de João Guimarães Rosa.
ZOOLÓGICO DE PEDRA PETER LUND
O Zoológico de Pedra Peter Lund possui exposição de réplicas de animais do período Pleistoceno (entre 10.000 anos e 2.000.000 de anos atrás). As réplicas são confeccionadas com telas, areia e cimento. O zoológico homenageia o cientista dinamarquês Peter Wilhelm Lund estudioso da Gruta do Maquiné, considerado o pai da Paleontologia brasileira.
CACHOEIRA DO JOÃO PRA RIBA
A Cachoeiro do Sr. João Pra Riba como é conhecida na Região, fica a 25 km de Cordisburgo. O seu acesso é feito na sua grande parte em estrada de terra. O atrativo fica localizado em propriedade particular, que necessita de autorização prévia para ser visitado.
CACHOEIRA DO FIO
A Cachoeira do Fio recebe o mesmo nome do proprietário das Terras onde ela está localizada, fica situada no povoado do Onça a aproximadamente 12 km de Cordisburgo. O acesso até o atrativo é realizado por estrada de terra. O atrativo fica localizado em propriedade particular, que necessita de autorização prévia para ser visitado.